quinta-feira, 22 de abril de 2010

Unheilig

O Portal Gótico terá, a partir de hoje, uma nova rubrica com o objectivo de dar a conhecer bandas do panorama alargado do gótico, desde o gothic-rock, até inclusive ao dark-electro, etc....

Hoje falaremos de Unheilig.

Unheilig significa literalmente o não santo, o profano (un holy). A banda alemã é essencialmente representada por Der Graf (o Conde), contudo nos concertos ao vivo têm estado presentes mais 3 elementos, sendo eles Licky e Henning Verlage, assim como o baterista e percussionista Potti.

No mesmo ano da sua origem, 1999, lançam o seu primeiro single "Sage Ja", tendo sido sucesso imediato nos clubes alternativos alemães e entrado directamente para os DAC - Deutsche Alternative Charts. No ano seguinte, editam o seu primeiro álbum com o nome de Phosphor, o primeiro e o único (até então) a contar com letras em inglês e a meu ver um dos melhores álbuns da década, contendo faixas como Ikarus, Armageddon, My Bride Has Gone, Komm zu mir, Close Your Eyes, The Bad And The Beautiful, Discover The World...

A partir daí a banda tem aparecido nos principais festivais internacionais: Zillo Open Air, Wave-Gotik-Treffen (Leipzig), Doomsday Festival, Woodstage Festival...

Caracterizar musicalmente esta banda não é fácil pois ela possui elementos de gothic rock, dark, electro e até industrial rock... Uma banda a descobrir...

A título pessoal, tive o prazer de estar presente no concerto de 2008 em Leipzig (Wave Gothik Treffen) e foi realmente uma das bandas que deu um dos melhores concertos que já vi até hoje...

Discografia:

Phosphor (CD - 2000)
Frohes Fest (CD - 2002)
Das 2 Gebot (CD - 2003)
Zelluloid (CD - 2004)
Moderne Zeiten (CD - 2006)
Puppenspiel (CD - 2008)
Grosse Freiheit (Ltd.Special Edition) (CD - 2010)


Enviar um comentário

  ©

Back to TOP