sexta-feira, 18 de junho de 2010

Cinema - Nada Pessoal

Uma jovem (Lotte Verbeek), após uma separação dolorosa, decide deixar toda a sua vida para trás e andar sem rumo, em busca de silêncio e paz. Depois de algum tempo a deambular sozinha pelas paisagens da Connemara, no Oeste da Irlanda, ela acaba por encontrar uma casa isolada numa pequena ilha onde vive Martin (Stephen Rea), um homem de meia-idade que, tal como ela, também ama a natureza e a solidão. Martin propõe-lhe trabalho em troca de comida e é assim que, dia após dia, sem quase necessitarem de palavras, nasce entre eles uma ligação profunda, de mútua compreensão e cumplicidade.
Vencedor de cinco importantes prémios no Festival Internacional de Cinema de Locarno (entre os quais o de melhor interpretação feminina, melhor obra e o prémio da crítica), é um filme sobre a necessidade de liberdade e de solidão, realizado pela holandesa Urszula Antoniak.
Fonte: Público

Em exibição aqui.


Enviar um comentário

  ©

Back to TOP