domingo, 18 de dezembro de 2011

Literatura Gótica na BBC Radio 4



Chris Baldick (In Frankenstein’s Shadow), A.N. Wilson (God’s Funeral) e Emma Clery (The Rise of Supernatural Fiction) discutem as origens da literatura gótica, analisando a influência de autores como Horace Walpole, Ann Radcliffe e Matthew Gregory Lewis, servindo, portanto, como uma boa introdução ao género. O programa está disponível na íntegra através do BBC Radio Player.
In 1765 Horace Walpole bewitched an unprepared public with the first ever Gothic novel The Castle of Ottranto. The poet Thomas Gray complained the novel made him “afraid to go to bed o’ nights”, and wind swept battlements, mysterious apparitions and armour that goes clang in the night has haunted the dungeons of popular culture ever since. But Gothic is more that novels, and from under its swirling cassock the Gothic Revival in architecture became the state style for an Empire, and the high camp of The Monk reached the acme of seriousness under the influence of John Ruskin.
So how did the Gothic style manage to both sensationalise the public and form, quite literally the pillars of the establishment? Any why does a style forged in the spectral shadows of the Ages of Enlightenment still hold so such a secure position in popular culture today.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Bram Stoker homenageado no Fantasporto 2012


  No ano em que se comemora o 100.º aniversário da morte de Bram Stoker, o Festival Internacional de Cinema do Porto homenageia o autor exibindo “Dracula” de Francis Ford Coppola, assim como uma versão restaurada de “Nosferatu” de Friedrich Wilhelm Murnau.
  A 32.ª edição do festival decorrerá entre 20 de Fevereiro e 4 de Março de 2012, no Rivoli Teatro Municipal. 

sábado, 10 de dezembro de 2011

The Melancholic Youth Of Jesus - concerto no Porto, Sábado, 10 de Dezembro

Amanhã é o concerto dos The Melancholic Youth Of Jesus. 19 anos após terminarem voltam a um concerto com a formação original.

The Melacholic Youth Of Jesus - uma das melhores bandas post-punk nacionais volta aos palcos. A não perder.
 Sábado 10 de Dezembro 2011

Local: Breyner 85
Rua do Breiner 65, Porto

Início do concerto: 23h

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

War on the Dancefloor - The Batlle. Heavens Club - 10 Dezembro

A War on the Dancefloor irá fazer jus ao seu nome na próxima festa. 8 Djs irão se degladiar musicalmente em diversos estilos musicais numa noite que promete.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Festival Entremuralhas 2012: primeiras bandas anunciadas

A Fade In - Associação de Acção Cultural acaba de anunciar as datas do Festival ENTREMURALHAS 2012, assim como as primeiras 3 bandas de cartaz.



A III edição do Entremuralhas terá lugar no fim-de-semana de 25 e 26 Agosto e entre as bandas entretanto já divulgadas contam-se Clan of Xymox, Rome e Daemonia Nymphe. Faltam ainda anunciar 7 bandas.

A Fade In lançou também uma promoção especial fim-de-ano, em que é possível adquirir os bilhetes para o Entremuralhas de 2012 pelo preço especial de 40€.

Esta promoção válida até ao final do ano

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Piranha - Loja de música alternativa do Porto comemora 16 anos

A Piranha - Loja de Música no Porto - comemora 16 anos de existência, inteiramente dedicados à musica em todos os seus quadrantes, no entanto dando sempre ênfase as correntes mais alternativas dentro do rock / metal /gótico / post-punk... com uma localização privilegiada, mesmo ao lado da rotunda da Boavista.

Para comemorar este aniversário, a Piranha oferece, na compra da revista Loud!, um desconto imediato de 10% em todos os artigos da loja.

Centro Comercial Parque Itália, Loja 73
Praceta Engº Adelino Amaro da Costa, 752 - 1º
4050-012 Porto
piranhacd@gmail.com
Tlf: 226091004

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Agenda/Eventos Alternativos - 25 Novembro a 01 Dezembro 2011

Sexta, 25 de Novembro
---------------------------------

Porto, Pherrugem
[Festa] Curta Metragem XXXV
 Porto, Maus Hábitos
[Live-acts] LTT Fest III

Porto, Heavens
[Festa] War on The Dancefloor. Djs:  Das Evil Machine, Thormentor + convidado Dj Darkkensoul.
Sábado, 26 de Novembro
----------------------------------
Lisboa, Metropolis
[Festa] Tribute Night- Prodigy

Lisboa, Caixa Económica Operária
[Festa] The Graveyard Sessions- Djs: M 4 Murder, Yggdrasil. Serotonin, Lena Kat





Porto, Heavens
[Festa] Hauptbahnhof - Djs Infektion, Soncini, Replycant


Domingo, 27 de Novembro
----------------------------------
Sintra, Castelo de Asgard
[Festa]Exposição Fritz Art (inauguração)


Quinta, 01 de Dezembro
----------------------------------

Baixa da Banheira, Ginásio Atlético Clube
[live-act]La Chanson Noire + Advent Mechanism
Horas: 17:00 - 20:00
Ginásio Atlético Clube  /Rua do Ginásio, nº18, 2835-104  /Baixa da Banheira


Para divulgação de eventos, por favor envie com antecedência press release + cartaz para info@portalgotico.com

Atenção: Os eventos enviados via redes sociais (facebook, myspace, etc.) poderão não ser considerados para publicação. Para maximizar a possibilidade do evento ser publicado na agenda, por favor enviar email directo para o endereço supra-citado do Portal Gótico, com 2 semanas de antecedência e a data e nome do evento em assunto. Gratos pela compreensão.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

War on the Dancefloor "Haunting Sounds" - Party + Live-acts - 12 de Novembro 2011

A War On The Dancefloor vai realizar um novo evento no Sábado, dia 12 de Novembro 2011, no Basement Bar (Porto). 

 Este evento denominado "Haunting Sounds" contará no início da noite com o concerto de duas bandas:
(dark atmospheres; dirty landscapes)
(banda que "partilha" um elemento de Aktivehate)


O evento contará, para preencher o resto da noite, com os dj's integrantes da War On The Dancefloor, respectivamente:
-Thormentor (desta vez num registo algo diferente, abordando as sonoridades mais goth-rock)
-Das Evil Machine (desta vez num registo diferente, virado para os sons electro e derivados)

...marca presença também como convidado o Dj;)
-Darkkensoul (sonoridades goth-rock, death-rock, post-punk e afins)

De referir que a fotógrafa Sandra Ferreira captará os diversos dos momentos e ambiente da noite!

Irá haver também sorteio de 2 bilhetes pelos presentes para o 2º dia do Lock the Target.

A entrada para os concertos será simbólica: 2 euros (a favor das bandas presentes)

 A abertura de portas está marcada para as 22:30H.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

PHANTASTICUS : Festival Internacional de Artes e Cinema de Terror - 29 a 31 de Outubro 2011

Com o Halloween como mote, o PHANTASTICUS - Festival Internacional de Artes e Cinema terá lugar no Cine Incrível, cuja atmosfera e carácter únicos foram ressuscitados pela profunda e recente remodelação do espaço.

Durante os 3 dias do evento serão exibidos verdadeiros clássicos do terror, assim como filmes de culto que, de algum modo, seriam de difícil acesso ao grande público. Vão ser apresentados cerca de 5 filmes por dia, com início às 13h00 com um conjunto de curtas-metragens.


PHANTASTICUS : Festival Internacional de Artes e Cinema de Terror, dias 29 a 31 de OUTUBRO de 2011 : no Cine Incrível: ALMADA


De entre as curtas-metragens destacam-se:

- “I'll See You In My Dreams” de Filipe Melo
- “Papa Wrestling”, “BLARGHAAARHGARG” e “Banana Motherfucker” - produções Clones.

• Longas-Metragens:

A programação está essencialmente dividida em 3 estilos de filmes de terror: Clássicos, Gore e Terror com Comédia.

Entre os clássicos, destacam-se os filmes de culto dedicados a lobos, como é o caso do “Silver Bullet” e, na noite de sábado, a exibição de “Nosferatu”, acompanhada por músicos (piano, guitarra clássica e percussão) que irão recriar musicalmente, ao vivo, todo o suspense e tensão da película.

Dos filmes Gore, o destaque vai para 2 filmes do realizador japonês Takashi Miike, “Audition” e “Ichi the Killer”.

Sexykiller” e “Zombieland” integrarão o conjunto de películas que misturam Terror com Comédia.

Para complementar a programação do fim-de-semana, vão ser exibidos alguns dos melhores filmes de culto como “Shining”, “Hills Have Eyes” em conjunto com filmes pouco divulgados em Portugal como é o caso do sueco “Frostbitten”.


O Ciclo de Cinema, para além da sua equipa, conta com a participação de Fernando Ribeiro, vocalista dos Moonspell; do actor, produtor e argumentista Filipe Melo; e de Sandra Almeida do ShortCutz Lisboa, movimento internacional de curtas-metragens.

Todo o staff será caracterizado e maquilhado a rigor pela Sincolour, que irá efectuar ao longo do evento várias Live Performances de caracterização. O evento conta igualmente com a colaboração da Associação Tentáculo com uma exposição de B.D.

Vão ser também exibidos trabalhos de ilustradores e fotógrafos com material alusivo aos temas Fantástico e Terror.

Os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais (Ticketline e lojas aderentes):

- Ciclo de Cinema de Horror - Bilhete sessão - 3€ 
(apenas à venda na bilheteira do Cine Incrível nos respectivos dias);

- Ciclo de Cinema de Horror - Bilhete diário - 6€;
- Ciclo de Cinema de Horror - Passe de 3 dias - 13€;
- Evento Global - Concerto Moonspell + Ciclo de Cinema - Passe de 3 dias - 25€.


Para mais informações, pf contactar:
Cristina Carvalho | Assessoria de Imprensa | init4damusic@gmail.com | + 351 93 826 24 66

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Encontrado caderno de anotações de Bram Stoker


  Foi recentemente encontrado um caderno de anotações de Bram Stoker, que revela uma faceta mais íntima do autor, descrevendo a sua vivência em Dublin, entre 1871 e 1878, e em Londres, entre 1879 e 1881. O caderno será publicado pela Robson Press em 2012, ano em que se comemora o centenário da morte de Stoker, com o título The Lost Journals of Bram Stoker. Ler mais no The Independent, The Bookseller e The Guardian.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Agenda/Eventos Alternativos - 21 a 23 de Outubro 2011

Sexta, 21 de Outubro
---------------------------------


Lisboa, Club Noir
[Festa] Noite de Música Alternativa

 
Lisboa, Metropolis
[Festa] Free Party
 
Sintra, Centro Cultural Olga Cadaval
[Festival] Festival Sintra Misty - concerto de Patti Smith



Sábado, 22 de Outubro
----------------------------------

Porto, Heavens
[Festa] Back To Basics - Dj Nelson K


Porto, Lock
[Festa] Reed & Baalthazor





Para divulgação de eventos, por favor envie com antecedência press release + cartaz para info@portalgotico.com

Atenção: Os eventos enviados via redes sociais (facebook, myspace, etc.) poderão não ser considerados para publicação. Para maximizar a possibilidade do evento ser publicado na agenda, por favor enviar email directo para o endereço supra-citado do Portal Gótico, com 2 semanas de antecedência e a data e nome do evento em assunto. Gratos pela compreensão.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Moonspell - Concerto Wolfheart - 31 de Outubro


Faltam já poucos dias para um concerto que será realmente memorável. A maior banda nacional volta a 1995 e vai tocar integralmente o seu album de estreia, Wolfheart.

Este concerto exclusivo recriará musical e visualmente o ambiente que se vivia na época em que os Moonspell lançaram o seu primeiro disco e haverá "merchandise" específico, comemorativo desta noite e do disco gravado há 16 anos.

Este concerto será o culminar do evento Incrível Halloween, que inclui também o Ciclo de Cinema de Horror, de 29 a 31 de Outubro, no Espaço Cine Incrível.

A primeira parte estará a cargo dos lisboetas Opus Diabolicum.

Mais informações sobre o Ciclo de Cinema de Horror - Incrível Halloween aqui:

Concerto Moonspell - Wolfheart: 18€LinkCiclo de Cinema de Horror - Bilhete Diário: 6€
Ciclo de Cinema de Horror - passe 3 dias: 13€
Pack Incrível Halloween - Ciclo de Cinema de Horror + Concerto Moonspell: 25€

Fica o link para o evento: FACEBOOK

A NÃO PERDER!

Agenda/Eventos Alternativos - 13 a 16 de Outubro 2011

Sexta, 14 de Outubro
---------------------------------


Lisboa, Club Noir
[Festa] Häxan IV -  Dj ThatBoy (ex-AIAE) + Las Impostoras + Sether
 
Porto, Hard Club
[Concerto + Festa] The Mission Synergy
  (after party de entrada livre com bilhete do concerto)


Sábado, 15 de Outubro
----------------------------------
Leiria, Beat Club
[Concerto] Bigott + Texas Killer Bee Queen


Lisboa, Club Noir
[Concerto + Festa] DEATH IN JUNE - After Party Oficial do concerto
             DJ Yggdrasil + Paulo Coimbra Martins
Porto, Heaven's

[Festa] Dark Night - Sérgio P+ Lady Cat +Uroborus
Sintra, Castelo de Asgard
[Evento] Performance Poética (André Consciência)  + Ilustração Sonora (Alma Púrpura) + Dança Interpretativa (Soraya Moon)


Para divulgação de eventos, por favor envie com antecedência press release + cartaz para info@portalgotico.com

Atenção: Os eventos enviados via redes sociais (facebook, myspace, etc.) poderão não ser considerados para publicação. Para maximizar a possibilidade do evento ser publicado na agenda, por favor enviar email directo para o endereço supra-citado do Portal Gótico, com 2 semanas de antecedência e a data e nome do evento em assunto. Gratos pela compreensão.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Lançamentos da semana (44/11)

Sex Gang Children - Live in Vienna
Angelspit - Hello My Name Is…
Jesus On Extasy - The Clock
Evanescence - Evanescence
Nano Infect - Circuitry of Blades

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Lançamentos da semana (43/11)

Pop Will Eat Itself - New Noise Designed by a Sadist
Heimstatt Yipotash - H.Y.Breed
Erasure - Tomorrow's WorldDe/Vision - Popgefahr - The MixNeedle Sharing - Gang Bangs!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

The Monk, de Matthew Gregory Lewis


Este artigo revela uma parte considerável do enredo do livro.

Sobre o autor

Matthew Gregory Lewis nasceu em Londres, a 9 de Julho de 1775. Os seus pais separam-se quando tinha apenas 6 anos, acontecimento que marcou indelevelmente a sua vida; o talento para a escrita e a vontade em auxiliar financeiramente a sua mãe leva Lewis a traduzir poesia, peças de teatro e a escrever os seus próprios textos enquanto que o desejo de agradar o pai, que ambicionava uma carreira diplomática para o filho, induz o jovem autor a concluir os seus estudos em Oxford e a viajar pela Europa.
Em 1791, numa carta para a sua mãe, revela que se encontra a trabalhar num romance “ao estilo de O Castelo de Otranto”. Acaba, no entanto, por desistir da obra até 1794, ano em que a publicação de Os Mistérios de Udolpho de Ann Radcliffe, que Lewis considerou como “um dos mais interessantes livros jamais publicados”, o incentivou a prosseguir a sua escrita. Incapaz de terminar a história que tinha desenvolvido, e de modo a combater o aborrecimento inerente ao cargo que passou a ocupar na embaixada britânica na Holanda, Lewis resolve principiar um novo romance; em cerca de dez semanas escreve O Monge, terminando assim a obra que o iria tornar famoso com apenas 19 anos.
Após regressar a Londres, Lewis encontra sem grandes dificuldades um editor para o seu romance, sendo a primeira edição de O Monge publicada em Março de 1796.
“(...) The Monk is a romance, which if a parent saw in the hands of a son or daughter, he might reasonably turn pale.”
                                (Coleridge, 1797)
O anticatolicismo característico do romance gótico, manifesta-se também em O Monge, algo que, aliado à violência explícita nele descrita, causou uma enorme polémica, especialmente entre os críticos mais conservadores que catalogaram a obra como imoral e acusaram o autor de blasfémia. Tais acusações acabariam por resultar num processo em tribunal, o que obrigou Lewis a reeditar o seu trabalho, censurando algumas passagens. Apesar disso, nenhum crítico negou o génio de Lewis, e a recepção do público foi favorável, tendo sido publicadas cinco edições de O Monge até ao final do séc. XVIII.
  “He is now thirty years old, every hour of which period has been passed in study, total seclusion from the world, and mortification of the flesh. Till these last three weeks, when He was chosen superior of the Society to which He belongs, He had never been on the outside of the Abbey-walls: Even now He never quits them except on Thursdays, when He delivers a discourse in this Cathedral which all Madrid assembles to hear. His knowledge is said to be the most profound, his eloquence the most persuasive. In the whole course of his life He has never been known to transgress a single rule of his order; The smallest stain is not to be discovered upon his character; and He is reported to be so strict an observer of Chastity, that He knows not in what consists the difference of Man and Woman. The common People therefore esteem him to be a Saint.”
O enredo
O enredo de O Monge divide-se em duas histórias que se vão alternando e cujos pontos de contacto se tornam evidentes à medida que nos aproximamos da sua conclusão. A história principal diz respeito ao monge Ambrosio, apresentado como um exemplo de virtude, figura admirada pela sua conduta irrepreensível e pelo seu conhecimento. Isolado da sociedade e dos seus vícios, Ambrosio coloca uma excessiva confiança na sua virtude, iludindo-se ao ponto de acreditar que as paixões que dominam o ser humano não têm qualquer poder sobre si. Cedo se torna evidente que foi o seu isolamento que permitiu ao monge reprimir essas paixões. Quando o seu estimado noviço revela ser, na verdade, uma mulher de nome Matilda, levada pelo seu amor ao monge a disfarçar-se de modo a poder permanecer a seu lado, Ambrosio é exposto pela primeira vez à tentação.
  “’Either your hand guides me to Paradise, or my own dooms me to perdition! Speak to me, Ambrosio! Tell me that you will conceal my story, that I shall remain your Friend and your Companion, or this poignard drinks my blood!’
As She uttered these last words, She lifted her arm, and made a motion as if to stab herself. The Friar’s eyes followed with dread the course of the dagger. She had torn open her habit, and her bosom was half exposed. The weapon’s point rested upon her left breast: And Oh! That was such a breast! The Moon-beams darting full upon it, enabled the Monk to observe its dazzling whiteness. His eye dwelt with insatiable avidity upon the beauteous Orb. A sensation till then unknown filled his heart with a mixture of anxiety and delight: A raging fire shot through every limb; The blood boiled in his veins, and a thousand wild wishes bewildered his imagination.
‘Hold!’ He cried in a hurried faultering voice; ‘I can resist no longer! Stay, then, Enchantress; Stay for my destruction!’”
Seduzido por Matilda, Ambrosio quebra os seus votos e desperta assim o apetite sexual que será responsável pela sua ruína moral, algo que o seu orgulho não lhe permite admitir. A sua queda torna-se inevitável devido à natureza dos seus desejos; apenas a pureza incita o seu apetite, só a beleza e a virgindade são capazes de o saciar. Satisfeito esse apetite, o seu objecto perde o encanto. É o que acontece com Matilda: desprovida da virgindade que a tornava tão atractiva aos olhos do monge, torna-se num espelho dos seus pecados, desvanecendo-se todo o seu interesse por ela. Assim, os desejos do monge direccionam-se para Antonia. Matilda, que demonstra ter conhecimentos de magia negra, convence o relutante Ambrosio a aceitar a sua ajuda sobrenatural, conseguindo graças a isso infiltrar-se na casa de Antonia. Apesar disso os seus planos não correm como esperado, e acaba por assassinar Elvira, mãe de Antonia. Recorrendo de novo ao auxílio de Matilda, consegue forjar a morte de Antonia e deslocá-la para uma cripta onde finalmente concretiza os seus intentos, violando a jovem rapariga.
  “For a time spare diet, frequent watching, and severe penance cooled and represt the natural warmth of his constitution: But no sooner did opportunity present itself, no sooner did He catch a glimpse of joys to which He was still a Stranger, than Religion’s barriers were to feeble to resist the over-whelming torrent of his desires. All impediments yielded before the force of his temperament, warm, sanguine, and voluptuous in the excess. As yet his other passions lay dormant; But they only needed to be once awakened, to display themselves with violence as great and irresistible.”
Para além da corrupção dos valores morais de Ambrósio, acompanhamos a história de amor de Raymond e Agnes. Contra a sua vontade, Agnes está destinada a viver num convento, e as suas tentativas para escapar aos desígnios familiares revelam-se infrutíferas, apesar do auxílio de Raymond. Este reencontra-a em Madrid e, sob disfarce, consegue infiltrar-se no convento, onde, num dos seus encontros, o casal cede à tentação e Agnes engravida. Tal situação torna-se do conhecimento da abadessa, que decide punir impiedosamente Agnes, encenando a sua morte e aprisionando-a. Lorenzo, irmão de Agnes, desconhecendo a situação da sua irmã, tenta prender a abadessa durante uma procissão, acusando-a de assassinato. A multidão revolta-se perante tamanha crueldade, o que resulta na morte da abadessa e de várias freiras inocentes, assim como na destruição do convento. Durante o caos, Lorenzo descobre não só a sua irmã, mas também a sua amada Antonia, à beira da morte após ter sido apunhalada por Ambrosio. O monge é capturado e interrogado pela inquisição; desesperado, vende a sua alma ao diabo em troca da sua liberdade. Tal sacrifício garante-lhe apenas a revelação de que Elvira era sua mãe e Antonia sua irmã, para além de uma horrível morte.

  “Universal silence prevailed through the Crowd, and every heart was filled with reverence for religion. Every heart but Lorenzo’s. Conscious that among those who chaunted the praises of their God so sweetly, there were some who cloaked with devotion the foulest sins, their hymns inspired him with detestation at their Hypocrisy.”
A importância de O Monge no panorama literário deve-se, sobretudo, à quebra de convenções que Lewis efectua no romance. Numa época em que o gótico era dominado pela suavizadora sensibilidade feminina, de que Ann Radcliffe é exemplo, Lewis não se deixa coibir pelas restrições que limitavam os seus precursores, recusando-se a atenuar a violência e a crueldade que as paixões humanas são capazes de desencadear. As típicas heroínas, devotas e virginais, podem ser encontradas em O Monge, mas, ao invés de escaparem das garras do vilão, perecem nas mãos deste. A intervenção divina que se manifesta em favor dos virtuosos, é substituída pela influência demoníaca que incita à corrupção. No fundo, Lewis adopta as convenções do género até determinado ponto, a partir do qual as inverte. Tal inversão, conjugada com as fortes descrições dos crimes perpetrados por Ambrosio, não poderia deixar de chocar os leitores da época.
O talento de Lewis como dramaturgo transparece também em O Monge, tanto pelas cenas curtas e dramáticas, muitas vezes associadas a sonhos ou circunstâncias sobrenaturais, desafiando constantemente as crenças do leitor, chocando-o com a exposição das falhas a que qualquer ser humano é susceptível. Também a nível de diálogo é evidente esta influência, levando por vezes a uma linguagem excessivamente teatral, adequada para um actor a representar num palco perante uma plateia, mas pouco verosímil quando aplicada a um romance. De resto, o autor opta quase sempre pelo espectáculo em detrimento da coerência do romance; a crítica à superstição é disso exemplo: por um lado, várias personagens consideram a superstição como o produto de uma mente fraca, enquanto que por outro, o sobrenatural se manifesta sem que exista uma explicação racional para o desmistificar, pelo que a referida crítica não só carece de suporte, como é contrariada pelos acontecimentos.
Independentemente dos seus exageros, compreensíveis tomando em conta a idade que o autor tinha quando finalizou o romance, O Monge é um inquietante retrato dos excessos que o ser humano comete quando dominado pelas suas paixões, e de como esses excessos muitas vezes são encobertos por uma enganadora aparência de virtude. Um importante marco da literatura gótica que influenciou significativamente a produção literária dentro do género.

Edições:

The Monk encontra-se disponível integralmente no Project Gutenberg. A nível de versões impressas, tanto a edição da Oxford University Press como a edição da Penguin proporcionam uma interessante introdução, assim como notas explicativas. O romance encontra-se também traduzido para português, sendo as versões mais recentes editadas pela Bonecos Rebeldes e pela Modo de Ler Editores e Livreiros.

Referências:

Birkhead, Edith. The Tale of Terror . Project Gutenberg, 2004. http://www.gutenberg.org/ebooks/14154

Bomarito, Jessica. Gothic Literature: A Gale Critical Companion. Detroit: Thomson/Gale, 2006.

Botting, Fred. Gothic. Londres: Routledge, 1996.

Coleridge, Samuel Taylor. “A review of The Monk.The Critical Review 19. 1797.

Lewis, Matthew. The Monk. Nova Iorque: Oxford University Press, 2008.

Punter, David; Byron, Glennis. The Gothic. Oxford: Blackwell Publishing, 2004.

Smith, Andrew. Gothic Literature. Edinburgh: Edinburgh University Press, 2007.

Sousa, Maria Leonor Machado. A Literatura “Negra” ou de Terror em Portugal (séculos XVIII e XIX). Lisboa: Editorial Novaera, 1978.

Summers, Montague. “Matthew Gregory Lewis.” The Gothic Quest. Nova Iorque: Russell & Russell, 1964.

Wright, Angela. “European Disruptions of the Idealized Woman: Matthew Lewis’s The Monk and the Marquis de Sade’s La Nouvelle Justine.” European Gothic: A Spirited Exchange, 1760-1960. Manchester: Manchester University Press, 2002.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Multidão Memória - Performance Poética, ilustração Sonora e Dança Interpretativa

Poesia de André Consciência interpretada pelo autor, acompanhada pelas atmosferas sonoras de Alma Púrpura e a dança interpretativa de Soraya Moon. O acto será agraciado por uma exposição de algumas das gravuras de Borus Aura e contemplará o peso espectral da memória tanto como a cegueira da conduta.

Sábado, 15 de Outubro de 2011 - 21:00h

"A jaula perto da fonte, na praça,
Alberga três gémeos cegos. Ao lado,
Um teatro de marionetas, desempenha
Uma peça sem sentido."

Valor da inscrição: 5,00€

Local: Sintra - Rua Tomé de Barros Queirós, nº 29b - Sintra
Inscrições no local, através do telefone 219 234 257 ou por e-mail:

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Agenda/Eventos Alternativos - 4 a 8 de Outubro 2011

Terça, 04 de Outubro
---------------------------------

Lisboa, Club Noir
[Festa] The Seasick Sailors. Djs Lena Kat and more.


Porto, Heaven's
[Festa] Reabertura Heaven's Club

Sábado, 08 de Outubro
----------------------------------
Lisboa, Club Noir
 [Festa]Underground 80's Vs 90's


 Lisboa, Metropolis Club
[Festa] Synth-Etics - Elektro, Industrial, Harsh, Power
Porto, Heaven's
[Festa] War on the Dancefloor


Para divulgação de eventos, por favor envie com antecedência press release + cartaz para info@portalgotico.com

Atenção: Os eventos enviados via redes sociais (facebook, myspace, etc.) poderão não ser considerados para publicação. Para maximizar a possibilidade do evento ser publicado na agenda, por favor enviar email directo para o endereço supra-citado do Portal Gótico, com 2 semanas de antecedência e a data e nome do evento em assunto. Gratos pela compreensão.

domingo, 2 de outubro de 2011

Heaven's Club - inauguração 3ª feira dia 4 de Outubro 2011

O Heavens Gothic Bar fechou as suas portas em inícios de Agosto deste ano. Após mês e meio de obras, o bar reabrirá com novo nome, passando a ser oficialmente designado por Heaven's Club. Além desta alteração, informamos que o Heavens foi ampliado e conta, entre outras alterações, com dois bares e um espaço para live-acts.


 Requiem ao Heavens Gothic Bar.
Hail ao Heaven's Club.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Literatura Gótica no Portal Gótico

É com muito prazer que informamos que o Portal Gótico irá ter uma secção de Literatura Gótica sob a alçada do nosso novo colaborador Ricardo Lourenço.

Já há algum tempo que tinhamos em mente avançar por estes  "mares nunca dantes navegados". Hoje anunciamos que a Literatura Gótica e seus mestres como Oscar Wilde, Edgar Allan Poe, Lord Byron, Charles Baudelaire, etc terão um lugar de destaque neste nosso/vosso portal.


Um bem haja ao nosso colaborador.

Lançamentos da semana (41/2011)

Melt - Emissions of Hypocrisy
Lords of Acid - Little Mighty Rabbit
Of The Wand And The Moon - The Lone Descent
Erasure - When I Start To (Break It All Down)
Lowe - Evolver

  ©

Back to TOP